Ouro para as emergências

Há alguns anos, quando lia um dos livros da série Pai Rico, Pai Pobre, havia uma indicação para ler uma história no site Rich Dad Gold, que já não existe mais.

Lá, a história falava do ouro como um metal que atraía riquezas.

Contava isso de forma bastante lúdica. Explicava uma receita mágica para ganharmos mais. Dizia que devíamos possuir, em ouro, o valor que gostaríamos de ganhar mensalmente. Simples assim.

Quer ganhar R$ 5.000 por mês, tenha R$ 5.000 em ouro perto de você. No texto ele dizia que não era imediato, mas que a medida em que aumentavam suas reservas de ouro, com o tempo, aumentavam seus rendimentos mensais. Gostei da história, mesmo sabendo que não passava disso, de uma história.

Como gosto de coleções, resolvi fazer uma pequena experiência. Passei a compra regularmente uma pequena moeda de ouro. Existem moedas de ouro que não possuem valor de coleção, são vendidas pelo peso em ouro. Com isso, parte da minha reserva de emergência é baseada em moedas de ouro.

Estas moedas possuem uma grande vantagem sobre outras formas de guardar dinheiro. Como são moedas lindas, não há o menor incentivo em vendê-las para colocar a mão no dinheiro. Então no caso de uma necessidade tenho certeza que farei um esforço bem maior que o normal para conseguir resolver o problema sem que seja necessário vender minhas moedinhas.

Note que apenas uma pequena parte da reserva de emergência deve ser feita desta maneira, tendo em vista que não possui tanta liquidez quanto uma aplicação mais tradicional e os custos de venda podem gerar uma pequena perda nominal. Além disso, o ouro varia de preço de acordo com o humor do mercado, pode ser que você precise do dinheiro em um momento ruim em que a cotação do metal esteja baixa. Essa seria a reserva da reserva, aquela para utilizar somente em casos de tragédia financeira real, uma doença grave não coberta pelo seu seguro saúde, por exemplo.

Sobre a história? Sabe que é verdadeira! Para mim, ao menos, deu muito certo. Uns meses depois de começar minha coleção, o dinheiro passou a entrar em abundância.

Autor: Fabricio S. Peruzzo

Papai investidor, marido, polímata, empreendedor, curioso. Tranquilidade financeira é qualidade de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s