Presente? Pra mim?

Quer me presentear? Fico muito grato em ter ajudado a este ponto, mas não é necessário. O que escrevo aqui serve tanto para você quanto para eu mesmo conseguir organizar minhas idéias.

De toda forma, mesmo eu dizendo que não precisa se dar ao trabalho, algumas pessoas insistem um pouco mais nesta questão, e eu entendo perfeitamente essa vontade de agradecer.

Então podemos fazer assim: escolha uma entidade beneficente com uma causa que lhe seja querida, e faça uma doação. Ficamos todos felizes, você, eu, e principalmente quem realmente precisa. Se minha opinião é importante, entidades que cuidam de crianças ou de idosos costumam ter minha simpatia.

Gostou da idéia acima, fez a doação, mas realmente quer me presentear? Vamos fazer o seguinte: escolhe um livro que você acha que eu vou gostar.

O mais importante é dizer meu muito obrigado. Fico realmente feliz em ter ajudado de alguma maneira.