Ações, não palavras, revelam nossos verdadeiros valores

Derek Sivers, mais uma vez, acertando em cheio, em um artigo de 2016. Traduzo abaixo, mas se preferir você pode ler o original, e já se esbaldar com muitos outros artigos sensacionais: Actions, not words, reveal our real values.

Me identifiquei muito com o texto, como acontece com quase tudo que o Derek escreve, pois temos uma história muito semelhante, com sucesso relativamente cedo que permitiu a possibilidade de escolha do que fazer no futuro sem depender de um emprego tradicional para o sustento. E da preferência por estudar, escrever, e ser bastante participante no dia a dia do crescimento dos filhos.

Já fui um empreendedor serial. Hoje, prefiro ser pai, estudante, escritor, pintor, leitor… e vendedor de consórcio, que foi a ferramenta/investimento que realmente me permitiu chegar neste ponto.


Contei ao meu antigo coach que eu realmente gostaria de abrir minha nova empresa.

Ele disse, “Não, você não gostaria.”

Eu disse, “Sim, gostaria! Isto é realmente importante para mim!”

Ele disse, “Não, não é. Falar não torna isso verdade.”

Eu disse, “Você não pode ignorar o que estou dizendo. Me conheço bem. Estou te dizendo o que é importante para mim.”

Ele disse, “Sim, eu posso ignorar o que você está dizendo e simplesmente olhar para suas ações. Nossas ações sempre revelam nossos verdadeiros valores.”

Pensei sobre isso, mas me soou errado. O que dizer de pessoas que querem aprender outras línguas, ou criar negócios, mas que ainda não começaram? E sobre pessoas que desejam parar de fumar ou largar seus empregos, mas ainda não conseguiram?

Ele disse, “Se eles realmente quisessem fazer, já teriam feito. Você vem falando sobre esta idéia de uma nova empresa desde 2008, mas nunca começou. Olhando para suas ações, e te conhecendo, eu diria que você realmente não deseja começar um novo negócio. Você, na verdade, prefere a vida simples que tem agora, focada em aprender, escrever, e brincar com seu filho. Não importa o que diga, suas ações revelam a verdade.”

Wow. Claro. Ele estava certo.

Eu vinha me enganando há anos, dizendo para mim mesmo que eu queria fazer isso, mas minhas ações provaram o contrário. Sim, eu queria um pouco, mas queria outra coisa muito mais.

Agora tenho compartilhado este pensamento com amigos que falam que querem alguma coisa, mas não fazem acontecer. Todas as vezes, eles tem a mesma reação que eu tive.

Não importa o que você conta ao mundo, ou conta para si mesmo, suas ações revelam seus verdadeiros valores. Suas ações mostram o que você realmente deseja.

Há duas reações inteligentes a esta constatação:

  • Pare de mentir para si mesmo, e admita suas reais prioridades.
  • Comece a fazer o que você diz que deseja fazer, e veja se é realmente verdadeiro.

 

Autor: Fabricio S. Peruzzo

Pai, marido, polímata, empreendedor, curioso. Tranquilidade financeira é qualidade de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s