Você não enriquecerá economizando no cafezinho.

Você já leu em algum livro ou artigo. Economizar em pequenos gastos diários, como tomar o café da manhã em casa e não na rua, se torna uma fortuna se aplicado a juros compostos ao longo de trinta ou mais anos.

Quero deixar uma coisa clara:

Você não enriquecerá economizando no cafezinho!

Você só conseguirá viver infeliz.

Tomar café em casa significaria deixar de tomar o café com aquela colega de trabalho de quem você gosta.

Você quer enriquecer. Seguido vê tabelas de juros compostos mostrando a fortuna que você joga fora todos os dias no café da manhã. Até que um dia você cede e corta da sua vida “aquela atitude horrível que o estava impedindo de enriquecer”.

Sabe o que acontece a seguir? Você não guarda o valor economizado com isso, são valores tão pequenos que acabam escorrendo em outros pequenos gastos. Mesmo que você seja disciplinado e realmente coloque em um cofrinho o valor do cafezinho, certamente você não fará isso pelos próximos 30 anos!

Divirta-se com o processo, não espere pelo resultado

Aproveite sua caminhada para a riqueza. De que adianta viver se tivermos que abrir mão de todos nossos pequenos prazeres? Para que enriquecer se não podemos nem tomar um cafezinho com os amigos todas as manhãs?

O caminho para a riqueza exige esforço sério, disciplina e dedicação constantes. É um caminho que pode ser trilhado por qualquer um, mas não é um caminho que possa ser percorrido para quem não deseja fazer o necessário.

Ao escolher buscar a riqueza você escolhe abrir mão de muitas coisas hoje para poder usufruir de bem mais daqui alguns anos. Significa viver a verdade, mostrar quem você é, não quem você gostaria de aparentar ser.

Abra mão hoje do que fará diferença significativa no seu futuro e permita-se alguns pequenos prazeres que tornem esta caminhada menos árdua. Ande com carro popular, mas tome seu cafezinho. Foque em qualidade de vida, não em aparência.

Do que você abriria mão hoje para ter muito mais amanhã?

O que é essencial em sua vida que não há como dispensar?

Autor: Fabricio S. Peruzzo

Papai investidor, marido, polímata, empreendedor, curioso. Tranquilidade financeira é qualidade de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s