Trabalhe com a porta aberta.

Garagem da HP, berço do Silicon Valley.

Um dos conceitos que mais gostei de aprender foi o de trabalhar com a porta aberta, ou seja, mostrar claramente o que fazemos, como fazemos e por que fazemos. É um pouco como o conceito de transparência radical do Ray Dalio.

Ideias não são pepitas valiosas que precisam ser protegidas. Ideias tem aos montes. Ideias sem execução não valem nada. Se você tem uma ideia que pode tornar o mundo melhor, porque não expor esta ideia para que outras pessoas possam executá-la? Talvez até melhor que você. Você perde algo com essa atitude? O que a sociedade ganha?

Você pode pensar que as pessoas roubarão suas ideias e serão suas concorrentes. Não existe concorrência. As pessoas que compram de outro o fazem porque se identificam com aquela pessoa, não com você. Talvez nem saibam que você existe.

Por outro lado, com mais gente trabalhando e divulgando sua nova ideia genial, maiores as chances dessa ideia se tornar comum. Dessa forma atingirá um público maior. O que é mais fácil: divulgar o investimento em consórcio para pessoas que já ouviram falar do assunto, ou para quem nem sabe direito o que é um consórcio?

Concorrentes são meros formadores de mercado. São pessoas que ajudam a divulgar suas ideias. Quem pesquisar sobre o assunto depois de ter ouvido sobre ele pela primeira vez, tem chance agora de te encontrar, se identificar contigo e comprar de ti. Se não fosse mais gente falando do assunto, tal pessoa provavelmente nem saberia da tua existência.

Trabalhe com a porta aberta. Fale em detalhes sobre o que você faz. Alguns copiarão suas ideias, não se preocupe. Os melhores se dariam bem em qualquer outra área em que se envolvessem. Deixe que eles puxem para cima o mercado em que você atua. A maré alta levanta todos os barcos.

O nerd que habita em mim saúda o nerd que habita em você.

———

Sobre a foto:

Em 1939, Bill Hewlett e Dave Packard fundaram a HP na garagem do Dave, com um investimento inicial de $538. Seu primeiro produto fórum oscilador de áudio e um de seus primeiros compradores foi Walt Disney, que comprou oito osciladores para desenvolver o sistema de som para o filme Fantasia. A garagem da HP em Palo Alto é conhecida como o berço do Vale do Silício e a HP é hoje uma das maiores empresas do mundo.

Autor: Fabricio S. Peruzzo

Papai investidor, marido, polímata, empreendedor, curioso. Tranquilidade financeira é qualidade de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s