A horda dos macacos afogados

Havia uma densa floresta perto da costa marítima, onde 500 macacos viviam. Uma dia, altas ondas brancas,parecendo montanhas de neve, surgiram na superfície do Mar.

Encantados, os macacos disseram uns para os outros:

– Vamos subir no topo destas montanhas e vamos nos divertir contemplando o mundo.

Um deles não perdeu tempo em saltar nas ondas e imediatamente foi tragado para o fundo do mar.

Quando os outros macacos que observaram da costa viram o seu desaparecimento,pensaram que o interior da montanha de bolhas devia ser muito confortável, e revalidando-se em pular primeiro nas ondas, um pôr um foram se afogando no mar.

O Buda Sakyamuni contou esta parábola quando pregava o Busdismo no Pico da Águia, na antiga Índia, para mostrar como os seres humanos são facilmente atraídos para coisas que parecem tesouros. Se despendermos todo o nosso tempo atrás de coisas grandes e bonitas, então, como os tolos macacos, nossas vidas tornar-se-ão vazias e infelizes.

Daisaku Ikeda orienta que os reais tesouros da vida são simples. Coisas do dia a dia como: amizade, paciência, preocupação pela felicidade dos outros e gratidão.

Extraído de: “As mais belas histórias Budistas”

Autor: Fabricio S. Peruzzo

Pai, marido, polímata, empreendedor serial, curioso.