Faça as perguntas certas… Feliz Natal!

Hoje recebi adiantado um dos presentes de Natal que minha esposa preparou de surpresa. Fiz um vídeo mostrando este presente, além de falar sobre a importância de fazermos as perguntas certas, ou como expor nossos problemas de forma que a própria explicação do problema nos leve à resposta. Falo também sobre a “solidão empresarial”, um mal que costuma ser comum em empreendedores que trabalham em casa ou que possuem um negócio muito enxuto, sem precisar de funcionários ou sócios.

Assista o video:

Se não consegue ver aqui, assista diretamente no YouTube clicando aqui.

PS: uma curiosidade para os que gostam de tecnologia. Filmei este vídeo com o iPhone 4 e fiz a edição diretamente no telefone, usando o programa iMovie da Apple. O envio para o YouTube também foi feito pelo próprio aparelho. Mobilidade total.

2 pensamentos em “Faça as perguntas certas… Feliz Natal!”

  1. Fala Fabricio!

    Gostei muito desse seu video.

    Você tem toda a razão em relação a isso. Morando sozinho aqui em Boulder, nos Estados Unidos e começando a minha start-up sinto e entendo o que você falou diariamente. Meus sócios estão todos no BR.

    Nextel e Skype tem ajudado muito, mas gostei não apenas da sua solução como a animação e espontaneidade ao longo do vídeo.

    Agora essa almofada TRUMP é meio assustadora 😉 rs

    Abs!

  2. Oi Pedro,

    Legal te ver por aqui, obrigado pelo comentário.

    Espero que em breve possamos bater um papo pessoalmente. Estou indo para Califórnia em março, para passar seis meses aí. Ainda não estaremos tão perto, mas certamente teremos algum evento de startups para nos aproximar.

    Já minha almofada do Trump, depois de pensar no teu comentário cheguei a seguinte conclusão: ela serve também para me lembrar constantemente de que nada do que conquistamos é garantido eternamente. Podemos sempre “ser demitidos” do nosso sucesso. Ou como dizia o Andy Groove, vigilância constante.

    Agora, o que realmente me preocupa um pouco é imaginar o que o agente de imigração vai pensar quando eu tentar entrar nos USA com a almofada debaixo do braço 🙂

    Abração.

Os comentários estão desativados.