Todos podem ser ricos, meu novo livro

A riqueza não é algo que acontece na vida de uma pessoa da noite para o dia. A riqueza precisa ser conquistada. Só que ao contrário da crença popular, esta conquista não é algo trabalhoso ou difícil. Esta conquista se dá simplesmente com a criação de novos hábitos, dos hábitos naturais das pessoas que souberam como enriquecer.

Este livro lhe mostrará quais são estes hábitos e como incorporá-los na sua nova vida.

Antes que surjam as perguntas, ainda não está completo e não tenho um prazo definitivo para concluir a escrita. Tenho a estrutura básica definida, o título é este que indiquei e concluí o rascunho de um terço dos capítulos. Provavelmente lance uma versão em formato ebook gratuita e uma versão impressa logo depois.

Programa A Classe Alta – Última Turma!

Seguinte, vou ser rápido e direto, porque acabo de chegar de uma viagem/sabático de três meses nos USA e vendi meu apartamento no dia seguinte à chegada, então já viram como estão corridos os meus próximos dias.

O programa A Classe Alta é um misto de livro, coaching, grupo de MasterMind, conjunto de materiais de bônus e muito mais, organizados, mantidos e constantemente complementados pelo Seiiti Arata, um cara incrível e totalmente focado no atendimento dos participantes.

Em breve será aberta a última turma do programa, que certamente fechará logo no primeiro dia, como aconteceu nas últimas edições. Então não perca tempo, clique agora mesmo no link de apresentação e deixe seu nome na lista VIP que será avisada com antecedência. Olhe o que os outros falam, é bom mesmo. Depois, não quero ouvir chororô de que a vida está difícil, que não ganham o suficiente, que o que ganham não sobra nada para investir…

Mais uma vez, segue o link: Programa A Classe Alta – Última Turma!
Estão avisados. Abraço e sucesso.

Lançamento do meu SEGUNDO livro!

O número 14 é um número de sorte para mim. Casualmente nasci neste dia, em outubro. Casualmente, no mesmo dia e mês em que nasceu minha avó materna. Não tão casualmente, foi o dia que escolhi para meu casamento, neste caso, em maio, mês das noivas, impossível de esquecer a dobradinha e por consequencia minimizei a probabilidade de esquecer de comemorar na data certa. Então em novembro do ano passado, no dia 14, houve a sessão de autógrafos e lançamento do meu primeiro livro. Exatamente dois meses depois, novamente no dia 14, lançamento do meu segundo livro. Não sou supersticioso, apenas achei divertido quando me dei conta destas coincidências.

Esta é uma coisa engraçada, me dei conta agora. Escrevo sobre o lançamento do meu segundo livro depois do fato já ter ocorrido. Por favor algum marketeiro apareça para me dizer que a propaganda tem que ser feita antes, para que meus leitores possam saber com antecedência e aparecer lá no dia certo. De toda forma, por conta disto, já informo que haverá uma nova sessão de autógrafos, dia 21/01 no Rio de Janeiro, na Saraiva Megastore do Shopping Rio Sul, no terceiro piso, as 19h30. Infelizmente não poderei estar presente nesta, mas apareçam lá que muitos dos escritores da PdH estarão no local, além dos autores dos outros livros que ganharam o Prêmio BlogBooks, como o Conrado Navarro, do Dinheirama.

Voltando ao assunto do título, na verdade não é exatamente MEU segundo livro. O livro é do site Papo de Homem, onde escrevo como Dr. Money. Há vários textos meus no livro, vários, no caso, mais de cinco, então, voltando ao tópico, meu segundo livro 🙂

Uma das coisas mais divertidas do evento foi conhecer pessoalmente muitos dos leitores, mas principalmente, os outros colunistas do site. É interessante notar como as coisas mudam com o tempo, hoje em dia escrevemos, trocamos idéias e montamos negócios onde os participantes estão fisicamente distantes, muitas vezes sem se conhecer pessoalmente ao iniciar o relacionamento e no nosso caso, mais de um ano depois disso.

Como uma imagem vale mais que mil palavras (apesar do Google não achar isso quando indexa nossos textos para as buscas), deixo a seguir algumas fotos da noite, com breves comentários.

Equipe Papo de Homem - Gitti, Dr. Money, Gus, Dr. Drinks, Pablo e Guilherme sentado.
Rodão, Fabricio, Fred e Conrado.
Cheio de gente. Fabrício e Isabella em primeiro plano, foto do Rafael Olah.

Adquira seu exemplar autografado do livro Amigo Rico

Livro Amigo Rico

NOVIDADE!!! Segunda edição, quentinha, disponível na Amazon!

Acabo de facilitar a vida de quem deseja adquirir um exemplar autografado do meu livro Amigo Rico. Simplesmente clique no botão do PagSeguro logo abaixo.

Acabaram-se todos os exemplares que tinha para vender. Ainda é possível encontrar o livro nas livrarias de todo o país, mas depois que esgotar esta edição, não devo reeditar novamente tão cedo.

Estou estudando a possibilidade de lançá-lo como audiolivro e já iniciei o processo de tradução para o inglês, pois fui convidado a lançar este livro nos EUA!

Muito obrigado a todos que já compraram um exemplar e a todos que leram o livro. Foi escrito com muito carinho, para todos vocês. Obrigado.

Escolha já o seu nerd – Os Seminovos

Meninas, prestem atenção na letra desta música e cuidem bem do seu nerd de estimação antes dele ser fisgado por outra!

Acabo de receber email de um carinha me convidando para ministrar uma palestra para um grupo de jovens visando estimular o desenvolvimento pessoal e profissional, no caso específico, algo relacionado a finanças pessoais. Adorei a idéia, mas este texto não é sobre isso, é sobre um dos posts que li no blog dele (claro que eu me informo sobre quem está me convidando para algo).

Sem mais delongas, assista o video e se divirta!

Caso não consiga visualizar o vídeo acima, use o link.

Meninas, prestem atenção na letra desta música e cuidem bem do seu nerd de estimação antes dele ser fisgado por outra! Eu? Já tenho dona 🙂

Escolha já seu nerd – Os Seminovos

Refrão:
O nerd de hoje é o cara rico de amanhã
O nerd de hoje é o cara lindo de amanhã
O nerd de hoje é o bom marido de amanhã
Garota, escolha já seu nerd!

Enquanto o bonitão está pegando você
O nerd está criando um software no PC
Enquanto o sarado malha na academia
O nerd está lendo as notícias do dia

Enquanto o bonitão tá na balada te chifrando
O nerd com certeza está em casa estudando
O curso superior do gostosão tá no início
E o nerd ganha em dólar no Vale do Silício

(Refrão)

O nerd tem conserto, é só você ensinar
O penteado certo e a melhor roupa pra se usar
O saradão de hoje é o gordo de amanhã…
Parou de tomar bomba? Vai ter que usar sutiã!

O gostosão ainda sai no carro do pai
E o nerd é a atração de um workshop em Dubai
O gostosão te esquece quando vê um carro esporte
E o nerd está lá dentro com uma mulher de sorte

(Refrão)

Imagine o nerd sem cabelo ensebado
Sem espinhas e sem colarinho abotoado
Sem o cinto social junto com tênis branco
Imagine o nerd com cinco milhões no banco!

(Refrão)

Manual do dândi – A vida com estilo

Resenha do Manual do dândi, um livrinho bastante interessante que descreve esse modo de vida.

manual_dandi2Acabo de ler o Manual do dândi, um livrinho bastante interessante que descreve esse modo de vida bastante particular.

George Brummell, D’Orsay, Charles Baudelaire, Oscar Wilde, Robert de Montesquiou, Marcel Proust, Santos Dumont, Christian Dior. Quem foi, quem é dândi?

O livro faz parte da coleção mimo, da editora autêntica. Comprei na livraria Cultura aqui de Porto Alegre. Contando com as notas, são 222 páginas de um texto fluido e de rápida leitura. Uma das minhas motivações para a compra foi ter estudado alguns detalhes da época áurea do dandismo nas aulas de História da Moda, da pós-graduação em Moda, Criatividade e Inovação, que estou cursando junto com minha esposa.

Se você não consegue entender o que um empresário com formação em informática e uma empresa que vende consórcios faz em uma pós em moda, vou tentar explicar isto outro momento, mas para não deixar a informação solta no ar, basta dizer que nas aulas de Moda, Cultura e Sociedade, para citar a cadeira mais recente, meu cérebro processa as informações como Negócios, Cultura e Sociedade, ou como Tecnologia, Cultura e Sociedade. Simples assim. Aproveito os conceitos discutidos, como a Modernidade Líquida de Bauman, relacionando-os com os diversos setores onde atuo.

Voltando ao livro, recomendo a leitura para quem deseja entender de onde surgiu toda essa onda atual de homens metrosexuais e outras classificações modernas para os homens que gostam de cuidar do corpo e da aparência.

Ter razão ou ser feliz?

Pessoalmente gosto muito da sensação da felicidade em meu corpo e, por isso, escolho me conectar com regularidade a esse circuito.

Você quer ter razão, ou ser feliz?

Pessoalmente gosto muito da sensação da felicidade em meu corpo e, por isso, escolho me conectar com regularidade a esse circuito. Sempre me perguntei: Se isso é uma escolha, então por que alguém escolheria outra coisa que não a felicidade? Posso apenas especular, mas suponho que muitos apenas não percebam que temos a possibilidade de escolher, não exercitando essa capacidade de escolha.

MEDO

Expectativas falsas que parecem reais.

Numa tentativa de reduzir o poder de minha resposta ao medo/raiva, escolho intencionalmente não assistir a filmes de terror ou me envolver com pessoas cujos circuitos de raiva sejam desencadeados com facilidade. Faço escolhas que causam impacto direto nos meus circuitos. Como gosto de ser alegre, prefiro me relacionar com pessoas que valorizem minha alegria.

Einsten disse:

Preciso me dispor a desistir do que sou para me tornar o que serei.

E eu completo: Quem escolhemos ser hoje não é predeterminado por quem fomos ontem.

Ou como disse Ghandi:

Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo.

Porque isso?

Acabo de ler A cientista que curou seu próprio cérebro, da Jill Bolte Taylor. Os textos acima, apesar de parecerem saídos de mim, foram pinçados no livro dela. Recomendo a leitura. Querendo saber um pouco mais antes de comprar o livro, clique no nome dela na frase anterior e assista a palestra ministrada na TED.

Arco-íris

Minha irmã fez uma breve comparação entre os estilos literários da família.

arco-iris-pMinha irmã fez uma breve comparação entre os estilos literários da família. Não exatamente isso, leia o texto dela para compreender.

A ordem dos livros na minha estante não é exatamente a mesma que ela descreveu mas os títulos são os mesmos, com a inclusão de algumas biografias de milionários e bilionários para saber o que outros já conquistaram.

Há de se ressaltar que o pote de ouro simboliza a felicidade. E que a felicidade não se encontra no final do arco-íris, ela está em cada passo do caminho colorido que temos que percorrer do início ao fim da vida.

Da mesma maneira, a busca da independência financeira ou da riqueza também não é o objetivo final da minha caminhada. A caminhada em sí é o que importa. Cada passo, os caminhos escolhidos, as amizades conquistadas, os viajantes para os quais damos da nossa água ou que simplesmente ajudamos com a informação sobre a rota mais adequada. Tudo nos leva ao final do arco-íris.

A riqueza não é algo a ser conquistado. A riqueza é o simples resultado das nossas escolhas diárias. É celebrar a beleza de cada dia que passamos com quem amamos.