Análise Fundamentalista para receber Dividendos

Ontem me perguntaram sobre como escolho que ações comprar e como geralmente acontece quando alguém me pergunta algo resolvi escrever uma resposta relativamente completa. Segue então uma descrição mais ou menos realista da minha forma de investir em ações, levando em conta que atualmente não possuo ações de nenhuma empresa nos meus investimentos.

Minha abordagem de investimento é baseada no longo prazo, com uma carteira variada de ações de diversos setores, utilizando a análise fundamentalista. Me interessa a empresa e seus números, não o que o mercado acha dela. Meu guru é Warren Buffet. Levando em conta que ele é o segundo homem mais rico do mundo, acho que posso acreditar ser uma boa escolha a forma de investimento defendida por ele. Não tenho o poder que ele tem, de comprar empresas inteiras. Isso me leva a fazer algumas escolhas diferentes das que ele faria. Ele investe em empresas de bons fundamentos e não está interessado em que dividendos essas empresas pagam. Para ele, se essas empresas não pagarem dividendo algum é ótimo. Desde que, é claro, não paguem dividendos porque saibam como reinvestir os lucros de forma a fazer esses se tornarem cada vez maiores.

Minha primeira meta é conseguir pelo menos 10% de rendimento anual sobre meu investimento. Esse rendimento tem que ser na forma de renda, não de valorização. Por exemplo: se for comprar R$ 5.000 em ações de uma empresa e no período de um ano a distribuição de lucros render pelo menos R$ 500, a ação está na minha lista. Com os valores cobrados hoje pelas ações isso está bem difícil de se conseguir. Mas deve existir alguma, temos que estar sempre procurando e analisando os relatórios.

Dá para notar acima que não me interesso muito se o valor da ação aumentou ou diminuiu ao longo do ano. Claro que isso interessa, mas o mais importante para mim é saber se vou receber meus rendimentos e que eles sejam pelo menos de 10% anuais. Mas como é de se esperar, além disso a ação não pode perder muito valor, porque tenho que garantir também o meu capital investido. Isso não é muito difícil no meu caso, porque procuro comprar somente ações subvalorizadas. Se não acho nenhuma que se encaixe nas minhas necessidades, simplesmente fico fora do mercado. Sou eu que decido quando ir às compras, não o mercado.

Olhando os relatórios financeiros das empresas, todas elas listam o quanto pagaram de dividendos por ação, no ano fiscal. Então é questão de bater esse valor com a cotação da ação da empresa no mercado. E verificar ainda essas informações todas referentes aos anos anteriores, para saber se isso é regra ou excessão.

Alguns exemplos:

No relatório mensal de fevereiro a Fator Corretora lista as seguintes ações como boas pagadoras de dividendos:

GETI4 12,3%
TLPP4 11,6%
TMAR5 10,8%
CRUZ3 8,7%
SBSP3 6%

Todos os valores acima são projeções, baseadas no valor atual da ação e o dividendo pago em relação ao preço projetado da ação daqui a um ano. Os valores efetivos de pagamento de dividendos do ano anterior são pouco mais de 6% para as três primeiras empresas, menos de 3% para a CRUZ3 e 11% para a SBSP3.

Como dá para notar, olhando os valores efetivos e não as projeções, todas estão muito caras em relação ao meu objetivo de ganhar pelo menos os 10% de dividendos. Minha estratégia atual é não comprar ações até a correção do mercado. Que na minha opinião, tem que ser lá pelos 18.000 pontos. Mas devo refazer minha análise nos 32.000, 28.000 e 24.000. Quando os números baterem, volto ao mercado.

Não gosto de jogar. Nem na Megasena que é baratinha eu costumo jogar. Então essa dança das cadeiras que é o mercado a curto prazo simplesmente não me atrai.

Não gosto de perder tempo. Passar o dia acompanhando ações na tela do computador não é meu esporte favorito. Gosto de negócios desafiantes que precisem de um esforço e análise inicial, mas que depois possam ser mantidos em andamento por pessoas que simplesmente obedeçam ordens e sigam procedimentos. Gosto de descobrir quais são as ordens e procedimentos que geram o resultado esperado. Gosto de descrever isso e treinar as pessoas para executar essas tarefas. E depois, gosto de simplesmente sair de perto e deixar o dinheiro fluir sem eu precisar ficar trabalhando o dia todo.

Sei que tem gente que gosta de aventuras nos investimentos em ações, mas para mim o objetivo é claro: não perder tempo.

O dinheiro tem que trabalhar para mim, não o contrário.

3 pensamentos em “Análise Fundamentalista para receber Dividendos”

  1. Sua estratégia tem seus méritos, mas recomendo a quem quiser utilizá-la agregar outros acessórios que também poderão lhe trazer mais lucros.
    Por exemplo se vai ficar com um ação por longo tempo então ganhe dinheiro alugando-as,isto mesmo, você pode obter de 3 a 5% por ano com este procedimento e continua recebendo normalmente seus dividendos.
    Outra técnica que também pode ser utilizada é vender opções de suas ações, da mesma forma você também continuará recebendo seus dividendos.
    Concluindo estudem aluguel de Ações e venda de opções de ações.

  2. Olá Fabricio, já decidi que vou ficar rica e por isso estou em busca de informação. Estava lendo seu artigos e como adquiri o habito de procurar entender tudo que leio, e não entendo muito sobre mercado financeiro, gostira de saber o que significa “correção de mercado” e o que significa esta pontuação? Vocês cita isso no texto: “Minha estratégia atual é não comprar ações até a correção do mercado. Que na minha opinião, tem que ser lá pelos 18.000 pontos. Mas devo refazer minha análise nos 32.000, 28.000 e 24.000. Quando os números baterem, volto ao mercado.

    1. Oi Nenê,

      Os pontos a que me referia eram o valor do índice Bovespa. E a correção do mercado seria a queda da bolsa até valores mais realistas porque quando escrevi esse texto as ações haviam subido muito nos meses anteriores, ou seja, estavam caras demais. No final, o que aconteceu foi que continuaram subindo mais ainda 🙂

      Mas não invisto mais em ações. Ganho muito mais e com muito maior segurança através dos meus investimentos em consórcios e imóveis, como descrevo em http://www.investimentoemconsorcio.com.br e http://www.investimentoemimovel.com.br

      Abraço.

Os comentários estão desativados.